Jupiter Maçã, nome artístico do gaúcho Flávio Basso, faleceu em dezembro passado, no entanto, deixou um legado musical impressionante, misturando psicodelia, experimentalismo e muita genialidade. Em última análise, era um artista de personalidade única. Um maluco de primeira, no melhor e no pior sentido da palavra.

No programa de hoje, vamos mostrar uma parte pouquíssimo conhecida de sua obra, de uma época em que ele ainda não era o Jupiter. Com canções folk, inspiradíssimas em Bob Dylan, com letras formidáveis, e também um rock nacional bastante honesto, ele mostra uma faceta pouco conhecida do grande público.


Setlist

  1. Doenças de Alma
  2. Hora de Romper
  3. Menininho Orfão
  4. Saudades do Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.